Chupeta? Vilã ou Amiga?

cantinhodospais

O bebê conhece o mundo através da boca. É pelo paladar que ele sente o mundo e recebe as informações que necessita, por isso é bastante natural que os bebês peguem os objetos e os levem para a boca, desta forma sentem seu gosto, o examinam, provam e o conhecem melhor.

chupetaA chupeta é usada geralmente na transição da mamada no peito para a mamadeira. Neste processo a mamadeira é uma espécie de apoio à criança em alguns momentos que ela não estiver sentindo-se bem por qualquer motivo, tanto física como emocionalmente. Funciona como um objeto de transição que carregam sempre consigo e que lhe trazem um sentimento de proteção e segurança.

Temos um problema é quando a criança prolonga esta fase e usa a chupeta constantemente, podendo assim trazer problemas futuros no formato de sua arcada dentária e até prejudicar sua dicção.

Após ter se acostumado demasiadamente à chupeta, a criança não a deixa muito fácil de um momento para o outro.

É importante conversar com a criança e procurar entender porque ela ainda precisa usar a chupeta, pois pode estar buscando na chupeta algum tipo de apoio emocional que desconhecemos e devemos compreender para poder ajudá-la.

Caso a necessidade da chupeta se intensifique em tempo praticamente integral e não haja muita chance de conversas, é indicado procurar um psicólogo para auxiliá-lo neste caso.

O ideal é que você vá tentando sem radicalismos que a criança deixe de usá-la aos poucos fazendo com que ela te compreenda e explicando que deseja realmente ajudá-la. Negocie com ela em deixar de usar a chupeta em algumas situações ou determinadas horas do dia. Desta forma a criança não se sente pressionada nem oprimida.

A conversa sobre o assunto com carinho e compreensão é um bom argumento, pois a criança sente-se segura e protegida e a ajuda a assimilar a ideia.

 

 

Nenhum comentário »

No comments yet.

Deixe o seu Comentário


© psicologaregina.com.br - Todos os direitos reservados