Meu filho não me respeita!!!!!

Os pais muitas vezes tentam compensar sua “culpa” de estarem ausentes na vida de seus filhos e sentem a necessidade de agradar-lhes o tempo todo para compensar essa falta.

Isso é um enorme erro, pois se queremos que nossos filhos se desenvolvam como adultos maduros, seguros e independentes, estamos fazendo tudo ao contrário!!!!

081012_0032_Meufilhonom1

É preciso ter firmeza e estimular que seu filho faça suas coisas sozinho para que ele aprenda e valorize cada passo dado para realizar cada uma de suas conquistas!!!!

Temos que frustrar nossos filhos, afinal a vida irá fazer isto e eles precisam estar preparados não é???

 

 

 

58 Comments »

  1. Infelizmente a minha historia se parece com muitas aqui.
    Tenho 1 filho de 18.anos que nao trabalha já repetiu 2x o segundo ano e parece que vai repetir denovo.
    Mente,debocha de.mim,chega na hora que quer,faz o que quer.
    Me enxerga somente como.um caixa eletrônico,pra tênis,roupa,boné quer tudo de marca,senão não wuer.
    Não.compro.mais.nada pra ele,dai ele pega as roupas e tenis que não servem mais e entra em grupo de troca na net.
    Estou doente,tive trombose,anemia profunda,precisei de transfusão de sangue. Tive inicio de embolia pulmonar, e ele nao foi me ver nem.1 dia.no.hospital,pq tinha rolê com os amigos,meu marido ia.me visitar depois do trabalho, e meu filho so ligava pra perguntar o que ele ia levar pra casa.de.comida.
    Não perguntava se eu Tava bem,se Tava mal nada.
    Dói saber que lutei tanto pra criar um filho sozinha,pra passar.por isso.
    Pra que continuar assim? Não tem nenhum sentimento por.mim.
    Só ouve os amigos da rua,me manda calar a
    Boca.me chama de.loka.
    Se eu pudesse voltar no tempo,não teria continuado a gravidez.
    Dói muito dizer isso,mais eh a vdd.
    Um dia ainda vou receber a.ligação pra ir.reconhecer algum corpo,pq pode ser ele.
    Espero que a situação de todas mudem,oro a deus para que vcs e nem.eu passemos mais por isso.
    Fiquem com deus minhas irma de jornada,que um dia nossos filhos possam nos dar o.orgulho que tanto esperamos.

    Comment by Keyla — 11/09/2017 @ 18:03

  2. Tive um companheiro que nunca me valorizou sempre me batia usava drogas e bebia muito tive três filhos com ele os mais novo e gêmeos tem 22 anos mim separei do pai deles eles tinha 3 anos de idade fui perseguido por ele por muito tempo até que me mudei pra onde ele nunca mas me encontrou criei meus filhos sozinha depois de doze anos o mais velho foi viver com o pai air caiu nas drogas e subirão com ele á cinco anos que ele desapareceu e nunca mais eu soube dele os gêmeos só me dão desgosto só vive me xingando me agride de todas as maneiras só não me bate porq quando ele começa gritar eu saio de perto um deles já pegou arma pra mim leva mulher diferente todo dia pra minha casa se eu reclamar ele me chinga de todos os nomes fuma maconha e sabe lá o que e mais arrumou mulher botou na minha casa e não trabalha eu que sustentava eles e as mulheres deles vivia agredindo a mulher foi presos por diversas vezes na adolescência e depois de adulto foi preso por bater na mulher paguei mil e duzentos de fiança e tirei depois os meus dois comprou uma arma um amigo deles que vivia enfiado na casa deles roubou os meus gêmeos tentou matar e se amigo com faca a dois anos e meio estão presos eu vivo na porta do presídio visitando as mulheres deles deparo deles e ele fala que vai sair matar a mulher o ex amigo que colocou ele la mesmo preso ele me chinga de tudo que e nome isso eles já tava morando sozinho não tinha responsabilidade com a casa eu q pagava aluguel ajudava com compras eu não aguento mas já tô pensando em desistir eles fala que vai sair colocar boca de fumo e muito triste colocar filhos no mundo e ter que passe por tudo isso tenho depresao profunda fez de quando meu outro filho desapareceu as vezes tenho vontade de acabar com meu sofrimentos e preparar um veneno pra mim e pra eles

    Comment by lucia — 26/08/2017 @ 23:36

  3. Bom eu sou filha e amo muito meus pais, eu as vezes respondo, pq tenho uma opinião mas meu pai me bate muito todas as vezes ele machuca e sai sangue do meu nariz todas as vezes,eu nao quero que ele me bate denovo so queria qye todo mundo ficasse bem um com o outro,porq eu vi tantos relatos de filhos que fazem tantas coisas horríveis com a mae e o pai tambem que te criou,e eu nunca chinguei,nunca bati,nunca ameaçei,nunca dei tanto trabalho na escola,nunca desrespeitei um professor! Eu ainda nao trabalho pq so tenho 14 mas logo logo eu vou! SO QUERO DAR ORGULHO PROS MEUS PAIS

    Comment by Bruna — 12/08/2017 @ 14:17

  4. Muito triste ver tantos relatos de mães com os corações feridos, muitos casos parecidos. Está faltando Deus nos corações, esse é o motivo de ter tantos filhos com o coração de pedra, que não dão valor aos pais. A minha história não é diferente, tive um relacionamento de quatro anos que não deu certo e tive dois filhos, uma menina de 19 anos e um rapaz de 17 anos. A menina me respeita, trabalha, é cristã, não me dá trabalho graças a Deus. Em compensação o rapaz só Jesus na causa, até os 10 anos ele era uma boa criança, mas depois dessa idade ele só vem piorando.
    Com 17 anos ele ainda não terminou o ensino fundamental, queira Deus que ele termine esse ano, porque eu não sei. Já passou por tantas escolas, por mal comportamento, falta de respeito com os professores, já ficou reprovado, muito triste. Eu vivia indo nas escolas por causa de reclamação sobre ele, no transporte escolar também era um problema. Ele não se interessa por nada, trabalhar, ajudar em casa, nada disso. Ele é um verdadeiro sangue suga, só quer comer e ficar a toa. Sinceramente é uma tristeza sem fim. Em Deus encontro forças, senão fosse ele não sei o que seria de mim. Deus ele conforte os corações de tantas mães que sofrem pelo descaso de seus filhos.

    Comment by Andrea — 14/07/2017 @ 15:31

  5. Olá! A gente costuma achar que os filhos estão passando por essa “rebeldia” porque são adolescentes. Ficamos esperando a”fase”passar… Daí eles já são adultos e a “fase” não passa… Mães e pais, só existem duas maneiras para resolvermos isso: Ou deixem as coisas como estão (sabendo que as consequências poderão ser tristes…) Ou façam orações para que ele (a) saia da sua residência. Meu filho tem 23 anos e estou orando para que ele saia da minha residência. Se tentar me agredir chamo a polícia e dou parte. A realidade é essa. A gente da amor e recebe dor. Fiz o melhor que pude. Cansei. Não quero mais meu filho morando comigo e ele vai embora. Minha fé é imensa. Não tenho culpa se ele resolveu seguir um caminho diferente. Largou a faculdade, vive na rua e não tem emprego, apenas faz “bicos” sem carteira assinada e sem pagar INSS. Foi educado da melhor maneira possível. Parece sempre revoltado. Chega de madrugada e faz barulho. Gosto do silêncio e já acordei assustada com o barulho inúmeras vezes.Tenho certeza que ele usa drogas. Cada um tem seu livre arbítrio. Já cansei de falar, reclamar e aconselhar. Só ouço xingamentos. É uma pessoa fria em casa e “legal” na rua. Já ouvi colegas dele dizerem que ele parece duas pessoas diferentes. Nunca me bateu. Sabe que dou parte. Violência psicológica também destrói se não nos protegermos. Tenho fé de que ele sairá da minha casa. Não quero brigas. Desejo que ele seja feliz, longe de mim.

    Comment by Maria — 22/06/2017 @ 00:12

  6. Eu não tento agradar meu filho o tempo todo, quando tenho que chamar atenção, deixar de castigo, eu deixo, quando tenho que falar não eu falo sem pena. Eu sou mãe solteira e preciso trabalhar. Confesso que se não precisasse talvez não trabalharia. Mas não tenho sentimento de culpa por trabalhar, tenho orgulho e não tenho medo que meu filho se frustra na vida, isso faz parte. Mas mesmo assim ele é impossível, desobediente, debochado, preguiçoso, me dá vontade de morrer às vezes. Não vejo um futuro bom para ele apesar de que minha parte estou fazendo.

    Comment by FABIANA — 29/05/2017 @ 21:49

  7. Meu filho tem 22 anos e nao aguento mais o desrespeito que tem comigo, faz o que quer em casa, usa drogas suja tudo e pra limpar é uma briga (quando limpa) quando chega do colégio sai em seguida e volta 2…3 hrs da manhã dorme o dia todo, hj confisquei a internet o aparelho fica no meu quarto e chaviei, pois ele arrombou a porta para ligar o aparelho. Não sei mais o que fazer, me ajudem

    Comment by Maria — 18/05/2017 @ 02:41

  8. Tem filha 14 anos não obedece mais ela mesma manda nela tudo falo ouve nada que falo

    Comment by Marcilene Prates — 01/05/2017 @ 11:15

  9. Meu Deus estou desesperada meus filhos adolescetes estão me matando de desgosto eu realmente não sei mais o que faser eu criei uma princesa mas minha filha parece uma marginal fugiu de casa e fez uma tatuagem enorme no braço eu nem sei ,já fugiu outra fez pra poder ir no fank,eu não aguento mais ,tenho uma menina 1ano mais velha que só me dá orgulho estudiosa responsável não quero mais lutar estou cansada minha vontade é deixar ela quebrar a cara na rua

    Comment by silvia saderio morais — 30/04/2017 @ 13:18

  10. Boa tarde.
    Estou a passar por uma situação semelhante à de muitos aqui.
    Tenho dois filhos, um rapaz de 15 é uma menina de 18. Ela é estudiosa, responsável e não nos dá problemas. Já meu filho, não nos respeita, não vai as aulas, não cumpre horários, limites…
    Já lhe tiramos jogos, computador…conversamos, castigamos, fizemos acordos, levamos ao psiquiatra, psicólogo, terapeuta…nada resolve.
    Ele não quer ajuda, não se interessa por nada, anda em más companhias, fuma, chega a hora que bem entende e acaba por fazer o que quer.
    Ele está a destruir-se a cada dia perante os nossos olhos e já não sabemos o que fazer.
    Se alguém souber como nos ajudar, agradecemos imenso.
    Deus vos abençoe
    Obrigada

    Comment by Juliana — 26/04/2017 @ 16:05

  11. Boa dia, estou lendo aqui os comentários e lamento muito em dizer, que estou passando pela mesma situação, sou mãe solteira, larguei meu ex marido quando a minha filha tinha três meses porque ele bebia muito e me agredia, um certo dia fugi de casa e prometi trabalhar duro para criar a minha filha,que era a minha alegria, sempre trabalhei duro para manter as despesas como aluguel etc e tinha orgulho em criar a minha filha sozinha. Hoje ela é uma adolescente de 16 anos e lamento muito em dizer que ela é o meu pesadelo, ela não me respeita, me fala coisas horríveis, fala que preferia não ter nascido,outro dia ela me arranhou toda, só pensa em consumir coisas de marca, ela se diverte com a minha tristeza, quando saio para trabalhar ela some, outro dia falou que ia distribuir currículo e só voltou no dia seguinte, enquanto eu passei a noite em claro desesperada ligando para os parentes e no dia seguinte ela voltou cheia de marra, falando que não me deve satisfação, me mandou tomar conta da minha vida, falou que eu ia morrer sozinha e infeliz. Não sei o que faço, não tenho apoio de ninguém, o pai nunca apareceu para saber como ela está, eu não vejo a hora de ela arrumar um emprego para emancipá-la e viver a minha vida. por que conviver com ela está me fazendo muito mal, sinto que estou entrando em depressão, meu coração vive acelerado, precisaria muito de ajuda. Sei que muitos colocam a culpa em que criou, mas acredite eu nunca deixei a minha filha largada, sempre trabalhei meio período para ficar com ela para passearmos juntas, depois que ela entrou na adolescência começou a exigir roupas e sapatos de marcas como esses tênis de mil reais que está na moda, como nunca tive condições de dar ela começou a me odiar e se tornou seca, arrogante e fria, ela não me ver como mãe e sim como inimiga.

    Comment by Roberta Santana — 16/04/2017 @ 12:30

  12. Como tive 7 depressões, sou Bipolar, sofro de ansiedade.Trato com Psiquiatra.Não tô conseguindo nenhum Psicólogo.Preciso de ajuda.Meu marido não me entende, qando estou em crise.Eu me modifico. Aí, brigamos, o relacionamento fica difícil.Me ajude por favor.

    Comment by Leninha Woits — 07/04/2017 @ 06:34

  13. Meu filho se casou com uma moça Evangelica,Ele era Católico, Desde o dia que ele a conheceu, tentamos tratá-la bem.Senti como se fosse minha filha.Mas as coisas mudaram.Ela começou a transformar ,meu filho, em uma pessoa diferente, a me desprezar, e criticar a minha pessoa, desfazer demim, a chegar de dizer que eu não tenho conteúdo.Vivo falando do passado.Eu acho que passado não leva a nada, mas eu acho que quem entra nas nosss voidas tem que saber um pouco, como foi a vida de (seu esposo) que é meu filho.Ela já chegou a me chamar de chata, chamava minha atenção na frente dos convidados.Me aborrecia e eu engolia,Por final meu filo , só porque o chamei de outro nome,ficou furioso, e disse: Nunca mais ,mãe , me chame do nome desta pessoa, pois não é exemplo para ningu´em.Aí eu disse para meu filho:E VOCÊ É?Foi um momento de explosão, pois meu filho é trabalhador, faz Faculdade , mas ele não precisava xingar (pois era meu irmão, e claro, este meu irmão, foi álcoolatra, e nunca trabalhou direito)Mas não era motio, chamei-o por engano.Acredito wue a \\Esposa dele, deve encher a abeça dele, e ele por si absorve mita coisa.Enfim,ele não quer mais saber de mim, já o procurei,E Vi que ele não deu a mínima pra mim.Eu acho que tá na hora de esqwuecê-lo.Obrigada.Para não sofrer.

    Comment by Leninha Woits — 07/04/2017 @ 06:30

  14. Preciso muito de ajuda não estou sabendo lida com o meu filho de 3 anos ele não me respeita já me fez eu passa vergonha várias vez na escola na onde ele estuda fica mostrando língua para mim fica me chamando de idiota na frente dos outros já não sei oque fazer já conversei ja coloquei de castigo chega em casa espalha brinquedos na casa toda e fica rindo da minha cara por favor me ajuda.

    Comment by geysse — 17/03/2017 @ 08:25

  15. oi, tenho uma filha que usa drogas e passa até 3 dias só usando, quando chega em casa me bate, e vive falando que vai me matar. vai cortar meus braços, minhas pernas, abrir minha barriga e minha cabeça. já pensei em mata-la, mas não consigo ou melhor não tenho coragem; crio dois filhos dela um de 13 anos e uma menina de 3 anos. ela não respeita as crianças vive ameaçando até a de 3 anos fala que vai enforcar a criança. desequilibra todos da família. Preciso de ajuda urgente por favor…..

    Comment by Cleuda — 15/03/2017 @ 03:44

  16. Olá! Meu único filho desde bebê sempre gostou de bater na gente, super mimado pelo pai cresceu super malcriado de um lado um pai que dá de tudo e de outro eu. Buscando educa-lo, impondo princípios básicos cristãos como respeito e humildade. Minha briga constante com meu marido e sobre essas questões, meu marido sempre fez suas vontades e muitas vezes sem se dar conta da gravidade axabava tirando minha moral diante do garoto. Porém nós duas de hoje meu filho tem 14 anos. Um belo rapaz educado e extremamente inteligente e bom aluno. Mas pro meu desgosto e desespero, em casa e um pesadelo comigo. Me bate e me manda calar a boca e fala coisas horríveis pra mim. Estou depressiva a 7 anos. Tenho penssado em suicídio e em sair de casa pois ainda sou jovem. Meu mundo está desmoronando. O pior e que sei que não errei…fiz tudo que pude dei o meu melhor. E o mais duro de aceitar a que sei que o meu marido estragou tudo. E consequentemente na cabeça dele sou uma bruxa megera e o pai o “bonzinho”. Me ajude o que posso fazer? EXISTE SOLUÇÃO AINDA??

    Comment by Hann — 07/03/2017 @ 08:45

  17. Boa noite, tenho dois filhos,uma de 2 e outro de 5 anos e estou tendo vários problemas de comportamento com o de 5, não me obedece,tudo ele chora, tem que ser o primeiro em tudo, bate na irmã, fala que eu não gosto dele, etc. As vezes perco a paciência,chamo a atenção e ponho de castigo,não sei mais o que fazer.Pode me ajudar?

    Comment by André — 06/03/2017 @ 01:50

  18. Não sei pq certas pessoas vem ao mundo, deve ser p enfernizar mesmo, meu irmão, d 28 anos que eu não considero nem um pouco, não ajuda a minha mãe em nada, só sabe comer e andar, e quando pede as coisas p ele fica todo estressado e ignorante, xinga, as vezes fingi q nem escuta, vira as costas e vai p rua. Mas em parte eu sei que a minha mãe errou muito na criaçao dele, sempre muito solto, deixava fazer o q ele queria, acustumou assim desde pequeno e agora não tem mais jeito.tenho pena da minha mãe, sempre fez tudo por ele, e continua fazendo , mas ele é ingrato, egoísta, no lugar do coração tem uma pedra.o pior sofrimento de uma mãe é ter um filho ingrato, criamos com tanto amor e quando cresce se transforma em um monstro.
    Ele não se importa nem um pouco com ela, só com os amigos que ele arruma na rua,pode ver ela sofrendo q nao faz nada, nao ta nem ai.
    Tenho p mim q isso não é gente, não é ser humano, tenho nojo de pessoas assim, as vezes digo p minha mãe q ele nem deveria ter nascido, não sei pq pessoas assim tenq existir.
    Mas Deus que tudo vê, não dorme, a justiça de Deus tarda mas não falha. Um dia Deus vai cobrar dele , os filhos devem obediencia aos seus pais, tem o dever de ajudar , de cuidar.(isso é biblico).ta muito difícil suportar, mas Deus nos da forças.

    Comment by Jaqueline nogueira — 02/03/2017 @ 21:57

  19. É triste obervar que tem tantas histórias parecidas com a minha mas por outro lado traz um pouco de alívio tb. Tenho um filho adolescente que tem ne dado muitos dissabores já faz um tempo. As vezes penso que ele não tem sentimento nenhum pelas pessoas,q tudo é feito com algum interesse, em benefício próprio…que se dane se os outros estão satisfeitos ou se precisam de algo. Dói meu coração de ver tanta frieza e de ouvir tantas palavras ruins…me ajude por favor Regina

    Comment by Grace — 21/02/2017 @ 14:22

  20. Meu filho tem 19 anos não me respeita nem respeitava mãe e eu fico engolindo sapo para evitar discórdia mas não sei até quando vou aguentar. o que devo fazer

    Comment by José Erivaldo da Silva — 02/02/2017 @ 16:41

  21. Boa tarde. Preciso se ajuda. Tenho um filho de 13 anos, que insulta todo mundo, não respeita, vive arrumando encrenca, metido a valentão, boca dura, malcriado. Não sei mais o que fazer, acabo ofendendo ele também pois ele me tira do sério, isso quando não bato nele com o que eu tiver na mão. E nada adianta. Estou desesperada.

    Comment by Adriane Aparecida da Costa Cunha — 12/01/2017 @ 16:23

  22. O meu filho tem 22 anos e não me respeita, faço tudo que posso na medida do possível. Só os amigos são bons para ele nem a mãe, nem o pai estão a altura do seu pensamento, só ele sabe tudo. Eu e meu esposo somos ultrapassados na concepção dele. Acho que não posso fazer muita coisa para mudar isso más, de uma coisa tenho certeza: No dia que “DEUS” me levar ele vai sofrer muito. Esta se formando este ano. Espero que consiga um bom trabalho e seja mais generoso com as pessoas porque se não mudar o bicho vai pegar para ele.
    Obrigada,!

    Comment by Suely Silvestre — 12/01/2017 @ 13:50

  23. Ola tenho uma filha de 14 anos insuportável falsa mentirosa trapaceira não me obedece por nada nesse mundo não sei mais o que fazer, ela quer até me bater me chinga me ofende de todas as maneiras e o pior que estou ofendendo ela a altura e me sinto muito mal com tudo isso já cheguei a deseja que Deus levasse eu ou ela pra sepultura estou a ponto de cometer qualquer desatino pra ter paz…

    Comment by mary — 02/01/2017 @ 11:58

  24. Boa noite. Minha filha tem 18 anos. Namora um rapaz 10 anos mais velho que ela ja a 4 anos. Ela passou a nao me respeitar mais acha que tudo que eu falo dele e errado que eu estou com ciúmes dela porque ela soube escolher uma pessoa que a ama e eu ao contrario dela. Meu marido nao liga pra mim. Nao gostei de ouvir minha filha falar assim comigo estou muito triste. Me ajude o que devo fazer. Por favor.

    Comment by Claudia — 23/12/2016 @ 20:47

  25. Olá meu nome é ronaldo e minha filha mãe solteira de 30 anos não me respeita, não respeita o filho e está tornando a minha vida e a do meu neto um inferno. Ela quase não fica em casa, trabalha até umas 18:30 e vai ra faculdade (quando vai) e só volta após as 22:30 (quando volta, pois diversas vezes dorme na casa do namorado e nem avisa). Quando vem pra casa está sempre de mal humor, com uma cara tão feia, não tem paciencia com meu neto e reclama, briga, chinga, grita e humilha-o sempre.
    A mudança de humor é rápida, as vezes está bem e logo em seguida começa a gritaria e ofensas para o menino.
    Quando vai acompanhá-lo na lição grita, menospreza, exige uma atitude que não condiz com a idade dele (8 anos). Sempre que ela está em casa,, por causa das gritarias e ofensas ele sempre está chorando e quando tento intervir é briga na certa, procuro não intervir para não piorar a situação para meu neto.
    NÃO AGUENTO MAIS!
    pode ajudar por favor!!!!!
    grato

    Comment by Ronaldo Roccello — 22/11/2016 @ 12:04

  26. Passo pela mesma situaçao filho de 14 anos. nao aceita regras desde pequeno.
    Era do abrigo adotei com 2 anos e meio e desde la ja tinha voltado de varias casas ninguem queria ele .Hoje entendo o porque , qd ele veio pra minha casa ele era terrivel e eu so quiz dar amor .minha família foi a unica q o aceitou. Hoje ele tem 14 anos .E UM FILHO RUIM.. FALA MUITO PALAVRAO .. foge de casa .. Trata os professores mal. Nao me respeita nao é carinhoso. Mande eu se fu#@×. Nao me ajuda em nada em casa . faz cara de mal se peço algo. Ando muito triste.

    Comment by Dani — 21/11/2016 @ 22:30

  27. Boa tarde. Tenho uma menina de 3 anos, ela não me obedece, quer medir forças comigo, e em muitas vezes não me quer, chora dizendo que não quer eu, para eu não olhar para ela, nem falar com ela, isso as vezes acontece na parte da manhã, quando vou acorda-la, para ir para escola. Entrou na escola esse semestre com 3 anos, o pai tem uma forte participação na criação da nossa filha, mas me sinto sem saber como agir, se corrijo fisicamente com chinelo, vara, pq falando não está resolvendo.

    Comment by ALICE GARCIA — 06/10/2016 @ 12:23

  28. Olá meu nome é Daniela meu filho tem dojs anos e não me respeita e nem o pai chama todo mundo de doido principalmente o pai o tempo todo e muita birra oi que faço?

    Comment by Daniela — 12/09/2016 @ 12:35

  29. Olá tenho uma filha de 3 anos e meio, me chinga eu e o pai não nos obdece, quer viver o tempo todo na rua, quando ponho p dentro ela fica nos gritos e batendo na porta. Náo aguento mais essa situaçã. Não sei o que fazer.

    Comment by maricelia — 09/09/2016 @ 22:17

  30. Olá boa noite, sou mãe de. Dois garotos e uma garota. O mais velho tem 14 o do meio tem 12. e a caçula tem 10
    O de 14 esse ano passou a me desrespeitar, fala auto, tudo por que imponho limites no tempo de uso de celular. Ou porque não quer ajudar em algumas coisas que peço pra fazermos em equipe.
    Sou um mãe não super protetora mais super autêntica. Trabalhamos pra dar condições de estudo e um pouco de conforto a todos, fazemos esporte juntos temos vida social razoável. Ele passou a não querer sair de casa só pra ficar em Internet, deixou de praticar esportes e com isso a família ( eu marido e filhos) estar se sentindo afetada levo todos nas costas e o fardo tá pesando as vezes sei o que fazer e as vezes no sei como agir. As vezes me pergunto onde que errei.

    Comment by rejane — 20/08/2016 @ 00:22

  31. Sinal de força e não de fraqueza.*

    Comment by Juliana Arruda Crispim — 30/07/2016 @ 22:31

  32. Oi, gente! Já eu sou o contrário, sou filha, mas a situação é a mesma. Não aguento mais o desrespeito da minha mãe comigo. Passa o dia me agredindo e passanso na cara o que fez por mim, me ataca, debocha, faz birra. Sinto-me como se fosse a sua mãe. Estou noiva e fui pedida em casamento. Vou aceitar e viver minha vida bem longe dela! Cansei de ter compaixão e ser ainda mais desrespeitada. Pra piorar a filha dela mais nova deu pra me agredir tambem e dizer que me odeia. Vou viver minha vida. Desistir do que nos faz mal é um sinal de doeça e não de fraqueza.

    Comment by Juliana Arruda Crispim — 30/07/2016 @ 22:30

  33. Olá boa tarde peço socorro tenho um menino de 9 anos que nao me obedeçe de jeito nenhun é ignorante nao consigo fazer ele ficar na escola e isso ta prejudicando ele nao sei más oque fazer sou sozinha to precisando de orientaçao ou vou enlouquecer

    Comment by Sonia — 26/07/2016 @ 14:53

  34. Boa noite preciso de ajuda tenho 4 filhos um menino de 8 q acha graça de tudo não respeita meu esposo q não e pai dele, tenho um menino de 7 q so quer viver na rua soltando pipa quando eu não deixo fica chateado e com raiva e fica querendo durmii na casa das tias, tenho um menino de 3 anos q não para ele e bem ajitado e não respeita ninguém e uma menina de 1 ano q imita tudo q os meninos fazem, eu estou com ansiedade e estresse e estou tomando calmante mas mesmo asim continuo nervoza desconto tudo nl meu marido e nos meus filho.

    Comment by Aline — 07/06/2016 @ 21:18

  35. Tenho 3. Filhos um rapaz de 37/anos que nunca me ajudou em nada 2 filhas 1 de 27 e a outra de 21 !! Sempre trabalhei pra dar o melhor pra elas ! Elas não trabalham e mesmo quando trabalharam nunca me ajudaram em nada !! Minha filha isso é se posso chamar de filha já chegou até me agredir! Manda eu ir embora , fala porque você não morre sua filha da p! Nossa eu to muito triste ! Trabalho de segunda a sexta sou cuidadora de idosos e trabalho no domingo 24 horas e vou direto pro outro serviço na segunda feira ! Chego em casa tenho que fazer as coisas e quando vou falar aí vira aquele inferno !! A de 21 anos e outra também só me explora eu queria muito ir embora morar sozinha mas tenho uma neta de 5 anos que é a única razão que vivo ainda pois se não fosse por ela eu já teria dado um jeito na minha vida ! Não aguento mais todo dia e um inferno minha vida ! Preciso de ajuda não sei até quando vou suportar!

    Comment by Celi aparecida Silva — 04/05/2016 @ 21:36

  36. Bom Dia.. Tenho um fiho de 3 anos e 10 meses e estou passando por um processo difícil com ele. Ele é uma criança muito inteligente, esperta, amorosa e maravilhosa, mas ultimamente as coisas tem fugido do controle. Toda minha família fala que ele é um principe, mas eu nao consigo encontrar esse principe, porque perto de mim e do meu esposo ele toca o terror. Moro em uma casa pequena junto com minha mae e uma irmã que tambem tem uma filha de 4 anos, mas comprei um apartamento e em breve estarei mudando. Parte do dia eles vão para a escola e parte do dia ficam com minha mae em períodos diferentes. Minha mae sempre fala que ele passa o tempo com ela muito bem, mas é só eu ou meu esposo chegar em casa que tudo muda. Ele começa a fazer de tudo para tirar todo mundo do sério, bate na prima, xinga minha mae, me desrespeita, e outras coisas mais. Se falamos áspero com ele, ele tira sarro da nossa cara, acabo perdendo a paciencia e dando umas palmadas, mas ainda assim nao adianta, porque ele fala que nao doeu. Eu percebo também que se estamos só nós tres (eu, ele e o pai) ele tem o comportamento diferente, fica mais calmo. Todo dia é um estresse só, e eu nao sei mais o que fazer. Por favor, me ajudem que eu nao to aguentando mais. Gostaria muito de encontrar este principe tão falado pelas minhas tias e pelas pessoas que o conhecem.

    Comment by Juliana Sisterne — 30/03/2016 @ 11:14

  37. ola minha filha tem 13 anos não me respeita nem a mim nem professores ja fui chamada varias vezes na escola pois os professores não aquentam tanto desrespeito agora piorou estou namorando ela não quer deixar faz chantagem ou ele ou ela se eu vou na casa do meu namorado ela me liga de 5 em 5 minutos para vir para casa começa xingar faz cara feia para ele diz que se eu não voltar não deixa eu entrar em casa .sempre dei de tudo para ela como faço até hoje sempre melhores roupas ,celular tudo do bom mas agora ela não quer me deixar ser feliz deixo ela namorar sair com amigas mas ela não me deixa me ajudem pois só quero ser feliz.

    Comment by janaina andreoli — 28/03/2016 @ 10:09

  38. Boa noite, Regina. Fiquei lendo estes comentários aqui neste site e me entristeci muito com a realidade que as pessoas enfrentam com suas “famílias”. Na verdade, a gente não sabe, como tudo isto começou! Porque com certeza não aconteceu assim de repente, houve alguma permissividade para que este descontrole todo se instalasse. Eu falo assim, porque eu passo por situação semelhante e fico me questionando acerca do que foi que aconteceu para que este pesadelo hoje fosse a minha realidade. Já fui uma mãe que defendia tanto a maternidade, que se orgulhava de ter 3 filhos, que sonhava em ter até mais filhos e hoje… Hoje eu me arrependo das escolhas que fiz, dos sonhos que realizei, porque seja lá o que foi que aconteceu, não era esta a vida que eu queria estar vivendo. Eu tenho um marido maravilhoso, que me apoia e que é meu parceiro na criação dos filhos, mas os meus filhos se rebelaram muito quando chegaram na adolescência e estão tirando a paz da minha casa. Eu e meu marido não brigávamos, mas por causa dos filhos, temos nos desentendido muito. Meus filhos não tem respeito por mim e são muito agressivos com palavras. Eles não são assim tão agressivos com o pai, mas comigo, são em extremo.Tenho tanto desgosto da forma como me tratam, vivo em constante mágoa e ressentimento. Sempre fui uma mãe presente e nunca contei com a ajuda de ninguém para cuidar dos meus filhos. A adolescência dos meus filhos está me matando aos poucos! Se eu soubesse que ter filhos seria assim no futuro, quando eles crescessem, que iria passar pelo dilema da adolescência, eu não teria tido filhos. É muito desproporcional! É muito contraditório e injusto. Parece que você se torna inconveniente e incapaz, que você não tem mais valor e é descartável. Que podem lhe pisar e sufocar de aborrecimentos, sem se sentirem responsáveis por isto! Tem dias que eu preferiria passar o dia inteiro fora de casa e só voltar para dormir. Eu me sinto como uma estranha em casa e sem prazer para me relacionar com meus 3 filhos. O caçula ainda tem 12 anos e apesar da intensa teimosia, ainda tem algum respeito por mim. Acho que ele testemunha a arrogância dos irmãos mais velhos ( uma moça de 19 anos e um rapaz de 16 anos) e por me ver chorar constantemente, procura me poupar de mais sofrimentos. Não sei até quando! Como não existem ex-filhos, tenho que conviver com esta situação até que eles finalmente saiam de casa em busca de seus próprios destinos. Só espero que não demore muito para acontecer. Eu fui uma adolescente muito tranquila e obediente aos meus pais. Gostava muito de estudar e não fui rebelde, jamais xinguei os meus pais e não ousava levantar a voz para eles. Contudo, a adolescente que eu fui em nada se parece com os filhos que tenho. Hoje, mesmo, minha filha me xingou de uma forma tão displicente e frívola, indiferente aos meus sentimentos e incapaz de reconhecer que eu sou sua mãe, que eu me senti um lixo, uma espécie de matéria inanimada e sem valor, que a minha vontade foi sair de casa e não voltar nunca mais! Sabe por que me sinto assim? Porque são pessoas que eu amo, pelas quais devotei minha juventude e o meu tempo, minha noites, meu suor e o meu melhor. Eu deixei de fazer muitas coisas na minha vida por eles e nunca me arrependi disto, sempre me dediquei ao máximo aos meus filhos. Não estou pedido reconhecimento, sei que eles não pediram para vir ao mundo e nunca me pediram sacrifício. mas, eu não merecia ser tratada assim, não merecia este repúdio. A única coisa que eu queria era respeito. Já me bastaria.

    Comment by WALQUÍRIA REZENDE — 15/03/2016 @ 00:55

  39. Tambem tenho gemeos de 15 anos. Estão agressivos comigo,relaxados, preguiçosos, e me maltratam de todas as formas, me machucando fisicamente inclusive.perderam a …falam palavrões e gritam comigo. Me enfrentam e nao me obedecem. Foram criados na igreja mas nao seguem mais nada e nem os princípios basicos que foram ensinados. Sinto vontade de morrer de tanto desgosto.Me ajudem pelo amor de Deus!!!obrigada.

    Comment by Denise — 24/01/2016 @ 02:24

  40. Me ajude tenho gemeos de 15 anos que me xingam gritam deboxam um deles nitidamente me odeia e sai chega a hora que quer vao a escola quando querem me agtidem verbalmente me empurram dizem que se eu nao der as coisas vão roubar pra ter cheg so de madrugada em casa o pai morreu tem 8 anos me sinto so desamparada desesperada

    Comment by Ana lima — 21/11/2015 @ 04:00

  41. óa eu tenho três fiho uma de 5 anos e a outra de 3 e outro tem 6 meses ,eu me separei ja te dois anos ela volto a morar comigo tem 1 mês mais a situação esta terrivel,minhas filhas de dois e três anos não estão me obedecendo por mais que ponho elas de castigo o q eu faço??

    Comment by Bianca Gisee de Bem — 26/10/2015 @ 23:52

  42. tenho um problema com um filho de 26 anos. Alem de não me respeitar ele faz o que bem entende, so quer saber de game e dormir alem claro de usar drogas. Na realidade não suporto mais olhar pra ele e sinto maior desgosto por ter ele como meu filho. Quuero ter coragem para tomar uma decisão mesmo que esta venha a me prejudicar, Me afastar dele o maximo e recomeçar minha vida longe sem nunca mais querer saber quem é ou era ele

    Comment by paulo da silva — 07/10/2015 @ 11:21

  43. Boa noite meu filho tem 4 anos ele não mim respeita , eu não tenho paciência mas não obedece , só gritar não sei o que fazer preciso de sua ajuda.

    Comment by Fabiana santos — 09/09/2015 @ 20:47

  44. tenho um filho s ==
    que nao me respeita, ela tem 26 anos diz noma-ar de nao consigo deixe feio comigo ,manda eu imoa no ….. chama-me de p…manda eu morrer e e irma dela que fazemos td por ela e eu nao da-consigo deixat de
    ajuda-la me aconselhe o que fazer mande por email

    Comment by antunes freitas — 10/04/2015 @ 14:57

  45. Ola….Tenho uma filha de 5 anos, que não me obedece, não respeita as regras e não aceita a palavra NÃO, ESPERA, DEPOIS…consegue me tirar do sério, só faz as coisas quando é da intenção dela ganhar alguma coisa ou sair para passear, as vezes dou umas palmadas e coloco de castigo, mas ela grita muito. Não sei mais o que fazer, estou super estressada e mal humorada…Me ajude por favor.

    Comment by Roseli — 03/03/2015 @ 23:54

  46. Querida gostaria de que me mandasse seu whats ou face ou é mail para conversarmos, trocarmos experiências, assim posso te ajudar, pois passei pela mesma situação
    Abraços
    Roberta Dias

    Comment by Roberta Dias — 09/04/2015 @ 14:01

  47. Boa tarde, amada

    Estou passando pelas mesma situação,vou te contar minha história para ver se você se acacalma um pouco, estou separada a oito anos tenho três filhos com ele, ele era super agressivo, bebia muito, quebrava as coisas em casa quando eu não o q ele queria, tinha muito medo dele e tmb não trabalhava, chegou um certo dia que não aguentei que na madrugada ele chegou em casa super bêbado e drogado, veio para cima de mim com uma facada, Deus me deu autorização para que eu pudesse sair desse casamento, simplesmente peguei uma vassoura que estava perto de mim e joguei nele ele caiu eu peguei meus filhos e sai Para nunca mais voltar, te respondo, foi fácil sair de casa somente com a roupa do corpo?????não, não mesmo, ali começava a minha luta era todos os dias fazendo boletim de ocorrências entre outras coisas mais, já se passou algum tempo, hoje estou estabilizada, mas tomo cuidado pois elw ainda me persegue, mas como Deus está comigo, nada irá atingir, então dobre seus joelhos e peça a Deus orientação pra ele, somente ele é médico, amigo, companheiro, tudo é voltando aos filhos estou fazendo isso peço para Deus livra lo do mal da rebeldia e ele está comigo, então força aai, não abaixe a cabeça pra ninguém

    Bjs…. Deus é contigo

    Comment by Roberta Dias — 09/04/2015 @ 13:49

  48. Oi Patrícia, sei como vc se sente. Me sinto assim tbem. Se bem que meu filho não tem apoio do pai, mas não me respeita nada, me chama de louca o tempo todo e me ver chorar pra ele já é uma rotina. Tenho a impressão que ele não sente nada por mim. Como pode? Seu filho melhorou com vc ? O que vc fez?

    Comment by Sheila — 06/03/2015 @ 21:35

  49. Regina, por gentileza, me ajude!
    Estou num estado de desespero.
    Meu filho tem 15 anos, agressivo ao extremo comigo. Chegou a me dar soco na mandíbula. Protegido ao extremo pelo pai, que tem temperamento igual ao dele. Desde criança qdo impunha limites ao menino, o pai agia de maneira inversa, inclusive permitindo que meu filho falasse palavrões p mim. Hoje ele tem 1,80m, forte. Passa por mim me dizendo palavras de ” baixo calão”. O pai encobre e me ameaça constantemente. Se eu der queixa será pior p mim. Não tenho como me manter com minha baixa renda. Chego a pensar em suicídio. Não aguento mais!!!!

    Comment by Patricia S — 09/02/2015 @ 23:51

  50. Bom dia minha situação é parecida com a Andreia acima realmente não sei o q fazer será q esse tipo de comportamento depois de uma certa idade não tem mais salvação? será que temos que entregar filhos que criamos com tanto cuidado a vida ? por favor preciso de ajuda . Obrigada que Jesus te abençoe

    Comment by Maristela de Alcantara Monnerat — 20/10/2014 @ 11:51

  51. Sou mãe solteira e preciso muito da sua ajuda.

    Comment by Gracielle — 11/09/2014 @ 13:40

  52. Oi, tenho um filho de 5 anos e ele não me respeita. É mal humorado e me xinga e agora deu para me bater eu sigo algumas dicas como falar com autoridade e deixar de castigo. Mas não funciona muito gostaria de saber o que devo fazer exatamente! Obrigada 🙂

    Comment by bruna ortiz — 06/08/2014 @ 11:17

  53. Bom dia, tenho um filho de 10 anos e desde pequeno sempre teve o temperamento muito forte. Sou separada do pai dele e indiretamente por eu ter largado dele( do pai), sempre fico carregando a culpa por ele não poder ter uma vida boa de certa forma como tinha qdo eu era casada. Boa no sentido de eu ter q trabalhar fora hoje e quase não tenho tempo p brincar com ele. muita coisa p fazer e ainda cuidar da casa e de uma filha de 1 ano e 5 meses. Meu filho me xinga de td quanto é nome, infelizmente não tive sorte de encontrar uma pessoa q faça a diferença na minha vida e na deles. Ele não aceita me ver conversando com nenhum paquera, me trata como se fosse uma qualquer e não a mãe dele. Brigamos muito, chego sentir fortes dores no peito. Não sei mas o que fazer, sozinha já passou dos meus limites. Nada do que eu dou p ele é suficiente, o pai dele tem situação financeira ótima e com ele é diferente, não ´pede nada e o trata da melhor forma possível. Sendo q o pai dele pega ele de 15 em 15 dias porq tem q pegar, ainda assim ele é o Deus p meu filho e eu o lixo, q só reclama. Mas reclamo de coisas q tem q ser resolvidas. Ele larga td jogado, nunca tá satisfeito com nada q faço p ele. Acha q tem o direito de me mandar, de questionar sendo q quem paga as contas dele sou eu e q eu sou mãe dele, não uma coleguinha….enfim, tá cada dia mais difícil, me ajudem por favor!!!! Obrigada e bom dia

    Comment by Vanessa Tavares — 05/02/2014 @ 07:58

  54. meu filho não me respeita ele diz sempre que tenho que engulir todas as atitude errada que ele pratica me chinga de tudo quanto é nome mais ele ficou assim depois que completou 18 anos e piorou depois que amasiou hoje lel se separou e vive comigo e só falta me bater o que eu faço
    Deus o abençoe me ajuda por favor

    Comment by maraisa ap silva pereira dos santos — 08/11/2013 @ 23:31

  55. Ola…tenho 25 anos, uma filha de oito e um
    Filho de quatro r nao sei mais oq fazer pq ele
    E super agitado e fica dando socos em nos
    De casa pra brincar so que ja disse q nao e
    Pra fazer pq machuca e nao adianta e grita
    Ccomigo as vezes me xingando….minha
    Menina e um amor porem geniosa..quer
    Escolher suas roupas q nem sempre sao
    Adequadas pra temperatura e me infrenta em
    Alguns momentos tb…ta bem dificil educa-los
    Eu chego em alguns momentos deixar passar
    Pra nao me cansar msm sabendo que nao
    Devo…em compensacao vou levando mas quando
    Perco a paciencia dou palmadas fortes pq dai ja
    Passei do limite sabe….peco seu conselho
    Obrigada

    Comment by paolla — 07/06/2013 @ 01:05

  56. Boa tarde, estou tendo muitas dificuldades com meu filho de 4 anos..Preciso muito da sua ajuda.Obrigada.

    Comment by Priscila — 17/12/2012 @ 16:00

  57. Olá Andreia, fique a vontade para me mandar um e-mail com mais detalhes ou me ligue e agendamos uma entrevista.

    Comment by regina — 28/09/2012 @ 18:03

  58. Ola eu tambem estou passando por problemas com meus filhos de 19 14 12 que não me respeitam sera que vc pode me ajudar??? Deus te abençõe!

    Comment by Andreia — 15/09/2012 @ 00:02

Deixe o seu Comentário


© psicologaregina.com.br - Todos os direitos reservados