Não seja tão dependente…

081412_1125_Nosejatode14Muitas pessoas confundem amor com um estado paralisante de dependência emocional. Há um amor que precisa do outro por necessidade e um amor que necessita do outro para preencher uma deficiência e este é o que chamamos de dependência… É como uma criança recém-nascida que depende integralmente de sua mãe e não pode sobreviver sem ela!!! Ela amará qualquer pessoa que possa lhe suprir suas necessidades vitais como protegê-la e alimentá-la.

No estado de “ser dependente” nos relacionamos com nosso parceiro com uma condição inconsciente de que ele preencha todas as nossas carências. Neste estado de dependência amorosa, você cobra do seu parceiro o preenchimento de suas carências. O parceiro passa a ser um provedor emocional, diferente de uma relação amorosa de troca e cumplicidade. Nesta relação você EXPLORA, DOMINA E CONTROLA seu parceiro.

São pessoas submissas e inseguras, pois sua percepção de si mesma é muito frágil e sentem-se incapaz de agir sem o auxílio do outro. Elas frequentemente recorrem a outras pessoas para serem orientadas, ajudadas, direcionadas e tudo isto surge da necessidade de satisfazer suas necessidades internas e não pelo simples desejo de estar ao lado de alguém que ama.

O problema é que muitos adultos não amadurecem e permanecem crianças por toda a vida num relacionamento amoroso. O ser humano se torna maduro no momento em que ama e não só necessita, abastece sua relação de trocas e não só recebe, este é um amor incondicional e verdadeiro…..

Uma flor que nasce no meio de uma grande floresta exala seu perfume,demonstra sua beleza e leveza independente da admiração dos outros…..

Assim é o verdadeiro amor!!!

1 Comentário »

  1. me sinto assim dependente demais dos outros e gostaria e quero mudar isso..MAIS NÃO TENHO COMO FAZER UM TRATAMENTO….COMO PODERIA ESTAR MUDANDO ISSO???SERÁ QUE PODERIA ME AJUDAR COM ALGUMAS DICAS…..EU AGRADECERIA MUITO…..

    Comment by mary — 26/09/2012 @ 11:51

Deixe o seu Comentário


© psicologaregina.com.br - Todos os direitos reservados